Novos sensores embutidos em smartphones modernos nos levaram para uma nova prospectiva de coleta de dados, na qual as pessoas são as protagonistas, ao sensoriar os ambientes.

Essa característica permite diferentes aplicações, em especial nos estudos sobre cidades inteligentes, estabelecendo comunicação dinâmica entre a cidadania e o Estado.

Os aplicativos mobile que permitem a coleta de dados a partir do sensoriamento da população – é o chamado Mobile Crowdensing (MCS). Este artigo tem como objetivo analisar o ParticipACT como possível plataforma de MCS, capaz de garantir um suporte tecnológico robusto para que a população compartilhe suas rotinas e suas percepções dos problemas urbanos. Os resultados do presente estudo confirmam a efetividade do aplicativo desenvolvido em termos da sua viabilidade via integração do Sistema Geográfico de Informação (GIS), e sua viabilidade em termos de sistema e performances percebidas pelo usuário.

Informações técnicas sobre o artigo

Título em português: Serviços de Crowdsensing e Proximidade para Mobilidades Prejudicadas

Título original: Crowdsensing and proximity services for impaired mobility

Publicado em: IEEE Symposium on Computers and Communication (ISCC)

Data do evento: 27-30 de Junho de 2016

Data da publicação: 18 de Agosto de 2016

Local do evento: Messina, Itália

Print ISSN: 978-1-5090-0680-9

Electronic ISBN: 978-1-5090-0679-3

INSPEC Accession Number: 16247580

DOI: 10.1109/ISCC.2016.7543712

0 Compart.
Faça um comentário

* Por favor, preencha os campos corretamente.